Chutando uma bola ou fazendo um amigo, criança quer escola, criança quer abrigo.
Na hora do cansaço ou na hora da preguiça, criança quer abraço, criança quer justiça.
Em qualquer lugar criança quer o quê? criança quer sonhar, criança quer viver.
Agente quer, agente quer, agente quer ser feliz, CRIANÇA É VIDA.
— Toquinho, cantor e compositor

FÉRIAS ESCOLARES: TAREFAS, NÃO! DIVERSÃO, SIM!

Férias Escolares é época de parar de estudar, dar um tempo nos livros, não fazer lição de casa, ou seja, é tempo de brincar, divertir-se e sorrir!   Com a chegada do período das férias escolares as crianças reclamam que ficam sozinhas em casa, longe dos amigos, porque os pais têm que trabalhar e não dá para viajar.

O fato é que livres das tarefas, as crianças querem gastar seu tempo em diversões, mas o que fazer com os pimpolhos para aproveitar este período de descanso? 

A preocupação é normal e, certamente, assusta um pouco os pais, pois não sabem como ocupar o tempo livre dos filhos pequenos, já que chove muito nesta época e as crianças acabam ficando presas em casa, porém, segundo especialistas, é  fundamental que a criança brinque com outras crianças, pois favorece a sociabilidade e o desenvolvimento de sua personalidade.
 
Além do descanso, existem diversas atividades que podem mantê-los ocupados e se libertarem um pouco dos inseparáveis companheiros eletrônicos, como o   vídeogame, TV e tablets.  Assim, "O segredo é não encher a criança de compromissos e, ao mesmo tempo, também não a deixar totalmente desorientada", aconselha Tânia Ramos Fortuna,  coordenadora do curso de extensão "Quem quer brincar?", da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
 
O ideal, portanto, seria programar viagens, passeios culturais, visitas aos amiguinhos e afins, mas sem lotar os dias de seu filho a ponto de nunca deixá-lo sozinho e livre para escolher o que quer fazer.
 
O equilíbrio também é bem-vindo na seleção de atividades. Dias de chuva pedem brincadeiras indoor. Nos dias de sol não deixe de andar de bicicleta no parque e, se for viajar, invente jogos coletivos, que podem ser muito divertidos, mas, na volta, deixe a criança um pouco isolada, para que tire proveito também da introspecção e de sua própria imaginação.
 
Se por questões orçamentárias, não deu para viajar e não quer manter seu filho em casa, abaixo sugerimos algumas localidades (algumas são gratuitas) que costumam ter programações especiais para divertir a criançada durante as férias escolares  e, é possível, organizar um roteiro de acordo com seu bolso, disponibilidade de tempo e locomoção:
 
• Shopping Iguatemi, SP, em parceria com a Faber-Castell:
As crianças vão conhecer a linha de brinquedos Creativity For Kids, que seguem a linha interatica: pinte, monte, borde ... Monitores especializados estarão à disposição para auxiliar as crianças e também para fazer desenhos especiais no rosto dos pequenos com a Pintura Facial Cara Pintada EcoLápis bicolor. Todos os produtos são atóxicos, seguros para uso sobre a pele e que saem com facilidade, lavando com água e sabonete. 
 
• Shopping West Plaza, SP — Brincando com a Galinha Pintadinha e sua Turma:
Atividades como oficina de arte e criação, cineminha e o bingo da Galinha Pintadinha;
 
• O Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca, RJ:
As crianças poderão participar do Power Gol, que mede a velocidade do chute; Futebol de Bolão, uma partida com uma bola gigante; Na mira, chute certeiro no alvo indicado; e o Super Gol, em que dois times disputam o famoso gol a gol;
 
• Shopping Parque das Bandeiras, Campinas:
Exposição Polly:  e a Mattel, Campinas, patrocinam o evento Polly – melhor dia de todos; As crianças poderão passar por três estações multissensoriais inspiradas no museu da ciência, nas artes plásticas e no design contemporâneo;
 
• Shopping Vila Olímpia, Praça Musical, SP:
As crianças poderão conhecer a história dos mais famosos compositores de música clássica como Mozart, Beethoven, Vivaldi e Bach e, ainda, vivenciar a música por meio de atividades lúdicas com monitores e contadores de histórias. A programação inclui ainda aulas de iniciação musical para crianças, em parceria com a Yamaha Music School;
 
• ParkShopping, Arraiá de férias, São Caetano:
Uma fazendinha com um grande moinho de vento e um mini curral farão parte do cenário, além de barracas com brincadeiras tradicionais como pescaria e argolas, onde adultos e crianças de todas as idades poderão se divertir e ganhar brindes;
 
• Shopping União Osasco, Sítio do Picapau Amarelo, Osasco: 
O universo mágico criado por Monteiro Lobato no famoso sítio ganha vida e o público poderá entrar em contato com os personagens do sítio com atividades gratuitas para crianças de 3 a 12 anos;
 
Teatro do Espaço Cultural Canto Cidadão  — ONG Canto Cidadão, SP:
O público é convidado a experimentar atividades que trazem diferentes experiências como  brincadeiras de rua, narração de histórias para surdos e ouvintes, aprendizado de técnicas de animação, além de oficinas de modelagem de massinha, de kempo (prática inspirada nos movimentos dos animais, nos ritmos da natureza e no arquétipo do guerreiro) e de serigrafia (técnica artesanal de impressão, com tela, tinta e giz de tecido);
 
• Aquário Municipal de Santos, Santos, SP:
Primeiro aquário do país e um dos parques mais visitados do estado. Atualmente tem 31 tanques, abriga cerca de 200 espécies e aproximadamente 2 mil espécimes, desde pequenos invertebrados até mamíferos marinhos. Não há shows com os animais, porém devido ao baixo preço e a diversidade de espécies, vale a visita;
 
• Cidade das Abelhas, Embu, SP:
Em um parque cercado de mata nativa, as crianças descobrem como vivem as abelhas. Há uma colmeia gigante, um observatório e uma abelha com 18 metros de comprimento e 3 de altura, feita de fibra de vidro. Nas férias, a garotada assiste a palestras com biólogos e apicultores que explicam como funciona a produção de mel;
 
• Museu Contemporâneo das Invenções, Perdizes, SP:
Também conhecido como Inventolândia, o museu recebe mais de 2 mil visitantes por mês. Estão expostas ali cerca de 500 peças e protótipos, todos patenteados e alguns que já podem até ser encontrados à venda, como por exemplo o espaguete flutuante, aquela boia comprida com a qual as crianças brincam na piscina, sem contar com o pente para carecas, os óculos para pingar colírio, a máquina que gela 24 garrafas de cerveja em 7 minutos e o piano dobrável, entre outros.  (Entrada custa R$ 10,00 e o pagamento deve ser feito com dinheiro).  
 
O importante é lembrar que Férias representa descanso para o corpo e a mente, então, a saída é inventar passeios ou brincadeiras espertas e econômicas e, para isso, você tem que se organizar e usar a criatividade para divertir os filhos sem afetar o orçamento, afinal, com um pouquinho de imaginação, tudo pode se transformar em diversão.
 
Confira abaixo algumas dicas de diversão sugeridas por especialistas que, com certeza, tornarão as férias divertidas e inesquecíveis. Aproveitem!
 
• Programar atividades junto aos familiares :
As férias são uma boa oportunidade para que a criança conviva  com os parentes.  Não se esqueça de programar  algumas atividades com a família, como avós, primos e tios para que possam interagir uns com outros;

• Explorar a vizinhança:
Nada de TV, as crianças podem aprender muito mais nas férias ao explorarem a vizinhança;
 
• Participar na confecção de algum brinquedo:
Separe algumas caixas de papelão, fita adesiva grossa, canetas grossas coloridas para desenhar na caixa e imaginação para fabricar o brinquedo que  a criança desejar e, tenha certeza, a brincadeira fica mais interessante, pois além de compartilharem com os pais, eles se sentem responsáveis e cuidam do brinquedo, afinal deu trabalho.
 
• Dedicar um tempinho à leitura de livros :
Fazer com que os livros também façam parte das férias sem que a leitura se torne tarefa chata;
 
• Brincar usando os jogos à moda antiga:
Brinquedos ou jogos antigos podem despertar a  curiosidade das crianças e se transformarem em brincadeiras agradáveis. Lembra as brincadeiras da sua infância? Esconde-esconde, bolinhas de gude, futebol de botão,  corre-cotia (pega lenço), passa anel... Elas são ótimas para tirar as crianças da frente da TV e, ao mesmo tempo, resgatar a criança que existe dentro de cada adulto. É uma questão de unir o útil ao agradável!
 
• Brinquedos que você e seu filho podem fazer e brincar:
Pipa, telefone sem fio, pé de lata, artesanato com papel, cinco marias, são alguns dos brinquedos que podem ser feitos juntos, permitindo que suas crianças usem a criatividade para adaptarem ao mundo atual, o que facilitará a interação entre pais e filhos.
 
• Aproveitar um dia de sol num parque ou numa praia:
Dica esperta e econômica para quem vai passar as férias com as crianças em sua própria cidade ou nas redondezas;
 
• Convidar alguns amigos para comemorar algo, como:
Organizar uma noite do pijama, com desfile de pijamas, concurso de piadas, brincadeiras para adivinhar O que é? , além da tradicional bacia de pipocas e, não esqueça, para encerrar a noite,  que tal aquele filminho básico que toda a criança curte e, é claro, os adultos também!
 
• Combinar passeios com os colegas da escola:
Esta é outra alternativa que poderá ser uma forma de estreitar os laços de amizade já existentes ou, até mesmo,  um momento de confraternização, lazer e consolidação de novas amizades. 
 
Por outro lado, crianças gostam de participar de tudo o que podem,  portanto,  para os papais que vivem em prédios,  que tal envolvê-las em iniciativas de reciclagem de lixo, convidá-las a assistir e participar das assembleias gerais ou instituir a eleição de um síndico mirim, que ficaria encarregado de levar ao síndico sugestões e necessidades das crianças, são ideias que fazem com que se sintam importantes e, com isso, colaborem.

E quem sabe, nas próximas férias, condomínios com muitas crianças, contratem profissionais especializados na promoção de recreações, brincadeiras e práticas esportivas,  já que durante o período de férias escolares é um desafio para a maioria dos pais e também para os síndicos, controlar a mudança de rotina e evitar transtornos entre vizinhos.
 
Enfim, solte sua criatividade, pesquise algumas brincadeiras na internet, em revistas e até aquelas esquecidas no fundo do baú e, improvise, como por exemplo, pedaços de madeira, papel com lápis e caixas de papelão que podem virar o navio dos piratas,  um lençol que se transforma em cabana e etc.

Outra alternativa são as brincadeiras tradicionais como queimada, cabra cega, amarelinha, cantigas de roda, bolinhas de sabão e as 5 Marias, entre outras, que tanto nos divertiram em nossa infância e, certamente, divertirão as crianças de hoje, pois, além de estarem praticando uma atividade diferente, representa uma possibilidade a mais para interagirem umas com as outras e, também, com este tipo de recreação, ficam mais próximas dos pais, o que estreita os laços de afeto e confiança entre eles.
 
 
Férias Escolares: Tarefas, NÃO! Diversão, SIM!
Pesquisa: Revista Veja e Revista Pais Filhos
Blog Criança é Vida
 
Tags: